Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

Arquétipo da Mãe e os Annunaki

Conhecendo a história dos Annunaki, através de Zecharia Sitchin, principalmente, podemos fazer considerandos acerca do Arquétipo da Mãe!

 

Ora, os Annunaki criaram seres humanos, através de Engenharia Genética, com genes de machos de antropóides hominídeos, existentes na terra, e genes de fêmeas Annunaki.

 

Temos aqui a criação do Arquétipo da Mãe, em que a Mãe surge como algo associado a fora da Terra, portanto, como algo ao nível do que está de fora, do estrangeiro, do Outro.

 

Concerteza, posteriormente, e numa linha saudável, deverá haver uma integração destes aspectos externos da Mãe, e desenvolver um Arquétipo da Mãe diferenciado, mais evoluído.

 

Outro aspecto a ter em conta dos Annunaki é o de, inicialmente, e declaradamente, os seres humanos serem seus escravos, tendo sido criados para isso mesmo. Mas, posteriormente, os Annunaki forneceram conhecimentos aos seres humanos, que levou à formação das primeiras civilizações humanas.

 

Ora, é relevante que na sociedade capitalista, que nas suas características de fundo é avessa ao Outro, ao estrangeiro, se propague através dos media e a nível social, interrelacional, a noção de que se deve enganar, roubar, manipular, etc., obtendo-se dessa forma o êxito, lembrando reminiscências da Mãe estrangeira que os tornou escravos. De um ponto de vista exopsicológico, tendo em conta as informações, relatos e noções de contactados, abduzidos e investigadores da área ovnilógica, ter-se-à que ter a noção de que há raças alenígenas na Terra, que controlam mentalmente e comportalmente os humanos. Claro está, se se tiver mais consciência disso, mais se reduz esse controlo.

 

Portanto, na sociedade capitalista há essa identificação com o Arquétipo da Mãe traidora e exploradora.

 

Ora, identifico-me mais com o arquétipo da Mãe que posteriormente forneceu conhecimentos aos humanos, levando à fundação das civilizações humanas.

E penso que os meus camaradas comunistas, particularmente aqueles que conhecem a história dos Annunaki, também!

 

Consideramos a existência da Mãe exploradora, como por exemplo a sociedade capitalista, mas funcionamos com a Mãe transmissora de conhecimentos e progressista!

publicado por sergioresende às 18:03
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Agosto de 2010

Império Africano

Pensem em todos os impérios humanos existentes até à data, desde os Romanos, Mongóis, Estado-Unidense, Soviético, Egípcio, Antigos Chineses, Gregos, Cristianismo, Islamismo, Budismo, etc, etc, e todos os que, espero eu que não venham, surgirão no futuro!

Qual foi o maior deles todos? Qual o mais duradouro em si, e nas suas influências?

 

Eu direi qual foi: O Império Africano!

 

Aquele que foi formado por aqueles primeiros humanos que saíram de África, para expandir-se por todo o planeta, e por caracterizar-se por tudo aquilo que está relacionado com a Humanidade! Somos todos nós, com as nossas piores tendências e com as nossas melhores tendências... inevitavelmente, incluo-me na segunda categoria!

Este Império Africano é que foi o maior de todos, por todo o planeta e o que façamos para além da Terra, e o mais duradouro, desde o surgimento, ou criação, como veremos de seguida, da Humanidade, e o que tem maiores influências, já que se trata de tudo produzido e feito pelos humanos, neste planeta... quem sabe haverão maiores influências ainda não documentadas e/ou divulgadas!

 

Falei há pouco em criação... remeto-os para Zecharia Sitchin, com por exemplo, para o seu Genesis Revisited - Is Modern Science Catching Up with Ancient Knowledge? e The Earth Chronicles! Há evidências, de tabuetas sumérias com milhares de anos, de que chegou um povo à Terra, os Annunaki, que tiveram a necessidade de criar um povo para os servir. Foi estabelecido um complexo de laboratórios em Edin, em África, chefiado por Enki. A história bíblica do Eden refere-se a esta Edin, existente em África. Ora, Enki, chefe científico da missão de criar os humanos, juntou geneticamente antropóides, já existentes na Terra, com fêmeas Annunaki. O primeiro dos seres humanos criados foi Adamu ( daí o Adão ou Adam, etc, da Bíblia ). Posteriormente, os Annunaki decidiram transmitir conhecimentos académicos aos humanos, tendo sido a partir daí que surgiram as primeiras civilizações humanas, na Suméria!

A partir daí, foi o desenvolvimento da Humanidade que em parte se conhece: remeto para Forbidden History, Forbidden Science, Forbidden Religion, de Douglas Kenyon, e Forbidden Arqueology, de Cremo & Thompson, que são livros que nos falam de descobertas feitas e de conhecimentos obtidos que foram sendo suprimidos, abafados, pelo establisment académico, político, industrial , etc..

 

Mas, continuando, tudo isto está relacionado com o que começou em África: O IMPÉRIO HUMANO... O IMPÉRIO AFRICANO!

publicado por sergioresende às 01:48
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Arquétipo da Mãe e os Ann...

. Império Africano

.arquivos

. Janeiro 2017

. Setembro 2016

. Março 2013

. Fevereiro 2012

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds