Domingo, 15 de Janeiro de 2017

Ah!

Ah! Qual não é o grande cientista que exulta quando, por vezes, erra

Ah! Qual não é o grande escritor que discorre terramotos e silencia

Ah! Qual não é o grande cantor que, quando se exalta, não berra

Ah! Qual não é o grande artista que na sua arte se ausencia

 

Ah! Qual não é o bom combatente que em combate combate porque sim

Ah! Qual não é o hábil espadachim que quando estoca estoca em não

Ah! Qual não é a bela dama que junta a seus pêlos sedosos a seda do carmim

Ah! Qual não é o bom amante que quando ama ama com paixão

 

Ah! Qual não é o grande maestro que da sua orquestra faz melodia

Ah! Qual não é o grande atleta que alcança para outros esperarem

Ah! Qual não é o grande criativo que descobre em antologia

Ah! Qual não é o grande poeta que se eleva acima dos que não mirrarem

 

Sérgio Resende, 2000

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:55
link do post | comentar | favorito

Mar

Ó mar, que palavra tão profícua

Dás-nos asas para em ti navegar

Pirateando para continuar a míngua

Ah! Que fome da descoberta e do amar

 

Desconhecido com suas marés e ondas miríficas

Anunciando em rebentações o que se pretende alcançar

De onde vem, manda-nos mensagens holísticas

Dizendo-nos que com a descoberta muito há que andar

 

Andamentos com suas partidas e chegadas

Almejando partir como retornar

Vôos alados rasando almas aladas

 

Partamos então para Marte

Que tanto se observa como se põe a observar

Pensemos, pois, nesta bela arte

 

Sérgio Resende, 2000

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:44
link do post | comentar | favorito

Grande droga

Das cartomantes à astrologia

Dos combatentes aos diletantes

Da economia à medicina

Das bacantes aos amantes

 

Do quê que aqui se fala

Sobre o quê que se quer falar

É algo que às vezes mata

Talvez se mate... às vezes... faz avançar

 

Sérgio Resende, 2000

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:38
link do post | comentar | favorito

Mirada

A partir do momento em que ela não sorrir

Sabe que ali se apaixonou

Pois não apenas sente que não quer partir

Como sente que até ali sonhou

 

Mas que sentimento de serenidade

Cativada e não somente cativante

Sente em toda ela a sobriedade

Pois é tão amada como é amante

 

De que modo se sente ela tão bela

Que sentimento de ser tão única

Quiçá... porque de batel passou a batela

 

E é mesmo encontrado esse rumo...

Que bom saber por onde ir

Assim me calo e assim me aprumo

 

Sérgio Resende, 1999

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:30
link do post | comentar | favorito

Viagem

Contemplando a paisagem

Saudificando a miragem

Que visão de terra tão bela

Ao voar num barco à vela

 

Abstenho-me de fazer tal viagem

Pois sem roupa para tal na bagagem

Caminharia descalço pela viela

Da vida que me traria tanta piela

 

Deixo-me de tais considerações

Pois andando nú pela estrada

Caminharia só com minhas razões

 

Falemos antes de realidades

Que indicam tantos caminhos

Aquém e além de nossas beldades

 

Sérgio Resende, 1999

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:23
link do post | comentar | favorito

Questões

Andando pela rua

Alguém encontrou outro alguém

Então debaixo da Lua

Ambos perguntaram: És quem?

 

Um deles, que estava descalço

Respondeu: Sou quem sou!

O outro, que estava de laço

Então lhe disse: Sou quem vou!

 

Querendo então saber mais

Contemplaram-se da cabeça aos pés

Um disse: Já não vais!

O outro: Já não és!

 

Sérgio Resende, 1999

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:15
link do post | comentar | favorito (1)

Amor sob céu

Fazendo amor lentamente

Olhando as estrelas a brilhar

Na queda de uma estrela cadente

Continuamos a nos amar

 

Nossas peles se tocando

Comprimindo nossos corpos

Nos fazemos viajando

Alagando nossos portos

 

A relva se desbravando

Na terra que é calcada

Põe os anjos chorando

Por não ter minha amada

 

De momentos extasiantes

Em contracções frenéticas

Nos vimos em sons vibrantes

Descontraindo-nos de mil éticas

 

 Sérgio Resende, 1999

tags: ,
publicado por sergioresende às 17:06
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Setembro de 2016

À atenção dos Serviços Secretos Chineses

Caros Serviços Secretos Chineses Venho, deste modo, apresentar o meu desagrado em relação ao canal de televisão internacional chinês CCTV News, pela sua parcialidade no tratamento de informação relativamente à Coreia do Norte. De facto, todas as vezes que apresentam notícias em relação a esse país, mais frequentemente no âmbito de testes nucleares por parte do mesmo, apresentam o ponto de vista chinês, ocidental, incluindo E. U. A. e U. E., e japonês e sul-coreano, nunca apresentando o ponto de vista norte-coreano, particularmente com entrevistas a diplomatas, políticos, como embaixadores, como o embaixador na China. Causa-me alguma estranheza, dada a maior proximidade da China relativamente à Coreia do Norte, pelo menos, mais do que, por exemplo, por parte do ocidente ou japoneses e sul-coreanos, maior proximidade essa que também caracterizará a Rússia. Na minha análise, dado o Secretário-Geral das Nações Unidas ser de nacionalidade sul-coreana e a política militarista à cowboy dos Estados-Unidos, invadindo e bombardeando países à descrição, porquanto nas Nações Unidas veta desenvolvimentos positivos para os povos, como o acabar o embargo a Cuba e não permitindo sancionar Israel pela sua política de apartheid em relação a palestinianos, e ocupação militar também de outros territórios, com a descredibilização das Nações Unidas,esta política mediática, dizia eu, da China, vem, a meu ver, tentar dar crédito a essa instituição elitista de supostas nações unidas. Por falar em Crédito, é preciso muita Máscara, no sentido Junguiano, em português vernáculo, é preciso muita cara de pau, por parte da China e da Rússia, venderem uma imagem pelo mundo todo de que têm todo o direito de se defenderem das contenções militares da NATO e dos E. U. A., em geral, porquanto, em particular através de votarem no Conselho de Segurança da O. N. U. a favor de sanções à Coreia do Norte, querem negar ou pretender negar o muito legítimo direito da Coreia do Norte de se defender em relação aos estado-unidenses, que nutrem um ódio patológico em relação a essa nação. Mediaticamente e/ou diplomaticamente, quer China quer Rússia parecem cada vez mais estarem a tornar-se naquilo que muito vinham criticando, quer tornando-se cada vez mais como media mainstream quer como acções como a abstenção dessas duas nações que permitiu a invasão da Líbia, destruindo esse país. Mais audiências menos audiências, mais reconhecimento mundial menos reconhecimento mundial... efectivamente, não precisamos de mais instituições e nações dessa natureza! Com os melhores cumprimentos, Sérgio Resende - Nome de código: Serput

publicado por sergioresende às 14:37
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Março de 2013

Conto persa

Certa vez, na Pérsia, um rei tinha um funcionário favorito, de quem gostava muito. Num dia, esse funcionário vai até ao mercado de antiguidades da capital, Bagdad, já que o rei tinha predilecção por antiguidades. Estava bastante cheio, com grandes multidões. Em certa bancada, o funcionário sente-se empurrado e vira-se para trás para confrontar o responsável. Para seu espanto, dá de caras com a Morte, com a sua foice. Assustado, o homem foge a correr, para se dirigir ao palácio do rei. Pouco depois, o rei sabendo que o funcionário estava de volta, vai ter com ele, e encontra-o a arrumar as malas. O rei pergunta-lhe o que se passa, e o funcionário responde que encontrou a Morte no mercado, e que por isso vai fugir para Islamabad. Pouco depois, o rei, intrigado, vai até ao mercado para tentar encontrar tal figura e esclarecer o sucedido. Não demora muito a encontrar a figura da Morte. O rei então diz-lhe que o seu funcionário ficou muito assustado por tê-lo visto, e que por isso ia fugir para Islamabad. A Morte responde que efectivamente achou o homem um pouco assustado, e que era curioso ter fugido para Islamabad, pois, com efeito, ele tinha um encontro com o funcionário, para essa noite, em Islamabad.

publicado por sergioresende às 14:40
link do post | comentar | favorito (1)
Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

Mensagem ao SIS ( caso estejam a monitorizar os meus blogs )

A minha mensagem tem a ver com a CIA, particularmente, com a localização da sua sede em Langley, Virginia, USA!

 

É pressuposto haver alguma razão específica para a sede ser aí e não noutro lado.

 

Se dividirmos Langley, teremos Lang e ley, que reportará a R. D. Laing, famoso psiquiatra e líder do movimento anti-psiquiatria, e a ley, enquanto supostas linhas de energia que caracterizam a Terra, referida por autores alternativos e por escritos antigos.

 

Quanto a Laing, no movimento anti-psiquiatria, o autor insurgiu-se contra o tratamento e condições de alojamento que os pacientes psiquiátricos tinham nos grandes hospitais psiquiátricos. Para além disso, insurgiu-se contra a excessiva autoridade e excessivo poder que os psiquiatras tinham sobre os pacientes. Era crítico, portanto, da psiquiatria clássica.

Uma grande consequência deste movimento foi o acabar gradualmente com os grandes hospitais psiquiátricos, tendendo-se, pois, a tratar os pacientes em ambulatório e a integrá-los progressivamente no meio da população geral.

 

Ora, aqui é que está... Com a sua sede em Langley, a CIA considerará a população geral como doente mental, funcionando como linhas de energia. Em particular, apelará e promoverá fenómenos populacionais de massas, ao nível da doença mental, como a histeria de massas e a psicose de massas.

 

Estes fenómenos, para além de poderem ser feitos por aparelhos psicotrónicos como o HAARP, ao nível do controlo mental, serão atingidos por utilização de técnicas de alteração e manutenção comportamental e/ou funcionamento mental, através da televisão, em suas séries, novelas, notícias, publicidade, etc., como ao nível da publicidade externa, e em particular nas relações laborais e académicas.

 

Nestas relações laborais, a técnica mais comum, e executada por governos, e patronato, será o ataque à contratação colectiva, tão desejada pelos trabalhadores, já que transmite uma mensagem manifesta de não apoiar algo colectivo, mais de massas, enquanto que, aproveitando esta manifestação, e latentemente, apelará, nos locais de trabalho, à massificação do conformismo, garantindo que os trabalhadores executam, sem demasiadas críticas, ou sem críticas nenhumas, aquilo que a classe dirigente pretende, que não será do melhor interesse para as populações. Para além destas asserções, temos a flexibilização dos despedimentos, em particular, com reformas ao nível do Código do Trabalho.

 

Outra vertente deste fenómeno de massas é ao nível das propinas, na população escolar e académica. Com as mesmas, apela-se ao conformismo, sem juízo crítico, já que manifestamente, reduz-se o acesso à universidade, para latentemente, apelar-se à massificação do ensino do ponto de vista da classe dirigente, alcançado, por exemplo, pelas reformas curriculares, de que há exemplos recentes em Portugal.

 

Estas duas grandes vertentes, académica e laboral, de controlo populacional, será enquadrado societalmente por fenómenos de massas, como a histeria de massas e a psicose de massas, alcançadas pelos meios atrás referidos, já que ao nível das massas o controlo societal será facilitado, o que será pretendido pelas classes dirigentes capitalistas, particularmente as Ocidentais.

 

Já a localização em Virginia, da CIA, apelará a algo de futuro, já que se refere a Inteligência Artificial virgem, que será uma nova preferência a se ter, substituindo a clássica preferência dos homens por raparigas e mulheres virgens.

 

Portanto, quanto à localização da sede da CIA, teremos apelo ao controlo das massas, disseminando e promovendo histeria e psicose de massas, e teremos a noção de que esse estado de coisas é para continuar, pela referência à Inteligência Artificial.

publicado por sergioresende às 11:46
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Ah!

. Mar

. Grande droga

. Mirada

. Viagem

. Questões

. Amor sob céu

. À atenção dos Serviços Se...

. Conto persa

. Mensagem ao SIS ( caso es...

.arquivos

. Janeiro 2017

. Setembro 2016

. Março 2013

. Fevereiro 2012

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds